Blogagem Coletiva || Tag: Uma Música Que...

24 de março de 2017

Reprodução: Stocksnap.
Lembrete: Comentários que não tenham nada a ver com o post serão deletados.

Olár humanos, finalmente estou conseguindo organizar mais meu tempo e com isso tenho mais disposição para editar não só postagens novas mas sim terminar os rascunhos de 2014, arrumar as fanfics, contos e até criar coragem para voltar a editar o livro no qual tem só um trechinho no Wattpad. Melhor que isso só as tetas do Henry Cavill né mores. Mas aqui estou euzinha voltando com as postagens incríveis que o grupo mais fofíneo do facebook, o BLOGS UP. Ah, antes de mandarem solicitações para lá, já aviso que é um grupo de interação então nada de tacarem links de divulgação lá porque a Lihz e o Alef estão de olho em quem burla as regras para dar um de espertinho. Anyway, agora que começou 2017 eu prometi a mim mesma não começar coisa nova sem terminar as que acumulei fim de ano pra cá então sim, arrumar a bagunça vai ser essencial. Enfim, coloquem os fones nas orelhas e bora escutar essa tag de "Uma Música Que..." na qual tenho certeza que vou adorar responder.

Quem me acompanha no INSTAGRAM e no TWITTER sabe que sou movida a música, para cada momento meu tem uma lá indicando meu estado emocional e olha, se não fosse o poder das melodias na minha vida eu juro que já teria ligado o foudace e afundado de vez. Mas como diz o ditado "mostrar com quantas canoa se faz um pau"... Acho que não era esse o ditado... Ah sim, "quem canta seus males espanta", é. Quem canta nunca vai encher o saco, vai estar sempre de bem com a vida, com a cabeça ocupada demais cantando mentalmente para ir perturbar quem quer que seja. Esse é o poder da música. Por isso que chamo vocês para dar uma escutada aqui, bora lá.


UMA MÚSICA QUE PRECISA SER OUVIDA NO ÚLTIMO VOLUME — acharam que eu não escutava outro gênero musical fora o Metal né? Bom, acho uma exceção para as eletrônicas porque simplesmente não consigo ficar parada quando toca. E essa She Wolf do David Guetta tem que ser ouvida no último volume com a pessoa trancada no cômodo porque olha, um amor. Fora ela, qualquer Dubstep serve.

UMA MÚSICA QUE FAZ VOCÊ QUERER DANÇAR — Agradeço a dona Maria Brink por fazer esse ser aqui dançar com Adrenalize, do começo ao fim, porque é batendo cabelo e mexendo a raba o corpo porque gente, quem melhor para combinar uns pop suavinho com Metal? In This Moment, claro. Recomendo para essa pergunta também a BLOOD da banda. Só acho que a Maria deveria se juntar com a Gaga, certeza que sairia algo tão lindo que eu ia ficar dando play até o youtube me bloquear porque olha.

UMA MÚSICA QUE VOCÊ NÃO SE CANSA DE OUVIR — Não importa a situação e nem o momento, se estou lavando a louça ou se estou lendo algo, tenho que escutar Sick ou meu dia não está completo. A letra dessa música é tão profunda que me sinto completamente exposta na voz da Amy Lee, funciona como um desbloqueador de criatividade sabe? Se tô emperrada em criar algo é só dar play nessa song que surgem inúmeras ideias borbulhantes na mente. Sick é mais que uma música, Sick é meu estado de espírito todo descrito na letra afinal, sick of it all.

UMA MÚSICA QUE VOCÊ ADORARIA CANTAR NO KARAOKÊ — Confessem que todo mundo quer cantar What's Up no karaokê. Gente, essa música é simplesmente cantável, não há metaleiro from hell invocador de satã que permaneça trevoso quando começa o and I say hey hey hey. E agradeço a série SENSE8 por reviver o 4 Non Blondes, cês não sabem o bem que fizeram ao povo nostálgico.

UMA MÚSICA QUE TENHA MUITO SIGNIFICADO PARA VOCÊ — Chegamos numa parte que tenho que confessar para vocês que ia fingir que esqueci de responder mas pensei bem e olha, já passei uns bons bocados na vida para ficar de frescurinha. Never Enough, da minha banda fav, é a música que mais tem peso e significado para mim por motivos de: nem todos me entendem e ninguém melhor que eu mesma para me entender. Eu amo o Chad Gray com todas minhas forças, esse cara não tem noção do quanto a voz e a composição de tudo que o Mudvayne fez me salvou do fundo do poço.

UMA MÚSICA QUE VOCÊ ACHA TODO MUNDO DEVERIA OUVIR — Inclusive o mundo deveria parar e conhecer Sopor Aeturnus, principalmente aqueles que adoram julgar as pessoas pela imagem exibida. Quem vê o estilo todo gótico e grotesco da Anna-Varney sequer imagina o quão calma e suave é a voz dela. Vocês sabiam que o Sopor Aeternus tem apenas 1 integrante? Isso mesmo, a Anna faz tudo sozinha e sincroniza com a fotografia de seu trabalho, falei disso nesse post aqui — www.


UMA MÚSICA QUE TE LEMBRE ALGUÉM QUE VOCÊ QUER ESQUECER
— Lembrar do passado, principalmente quando ele foi ruim, é a pior coisa que tem e essa alavanca é puxada quando escuto All I Need, ofereci ela a uma pessoa que fez muito mal ao meu bem estar então evito ela com todas as forças e olha que para uma pessoa que respira Within Temptation é como se fosse o maior sacrilégio de todos, por isso não ofereço minhas músicas para mais ninguém, não quero estragá-las em memória de quem não merece. A song é linda mas...

UMA MÚSICA QUE VOCÊ OUVE PARA RELAXAR — Tem algo mais relaxante que música erudita? Não tem, nós podemos buscar em qualquer outro gênero musical mas, ao menos comigo, quando tem um violino ou piano tocando tudo em volta muda, relaxa, aveluda. E não é diferente com Bittersweet, uma das favs do Apocalipta, com esses cellos que massageiam a alma. 

UMA MÚSICA DE UM CANTOR QUE JÁ MORREU — Tem tanto cantor que morreu e que me dói no peito que não sei se estou sendo leal em indicar apenas uma mas minha função na Terra é tocar na ferida de vocês então tinha que ter Queen ou não ia ficar bem. Ah, Freddie Mercury... Tem uma versão na voz da dona do meu cy diva lacradora Sarah Brightman que me deixa só nos arrepios, caso queira escutá-la também, clica aqui — www.

   

UMA MÚSICA QUE TE LEMBRE UM MOMENTO BOM
— Pensei muito em qual colocar aqui afinal tem tanta música que me lembra um momento bom que confesso: fiquei em dúvida se escolhia LONELY DAY do SOAD ou até mesmo a SAVE US do Mushroomhead. Mas gente, sabe quando tua mente quer uma coisa mas teu coração diz que é outra? Foi assim que me senti quando me veio a Déjà Vu da Pitty na mente. Dela sim tem uma porrada de música referente a momentos bons mas não tem nada que me deixe num estado de espírito tão leve quanto essa.

"Nenhuma verdade me machuca. Nenhum motivo me corrói. Até se eu ficar só na vontade, já não dói. Nenhuma doutrina me convence. Nenhuma resposta me satisfaz. Nem mesmo o tédio me surpreende mais..."


É isso aí gente, era para eu ter liberado esse post mês passado mas infelizmente fiquei foi assistindo filme e atualizando série, que por sinal já acumulou tudo de novo, então acabei deixando o blog de lado. E tem o fato que estou comentando tem uns tempos que retomei meus escritos então confesso que tô é ficando loca tentando conciliar meu tempo com descansar, colocar as coisas em dia, mexer no blog, crescimento de instagram e projetos de escrita. Ouceje, só Odin na causa. Mas nada que uma mulher e brasileira não resolva, não é? Hahaha. Bom, amei responder essa tag porque euzinha aqui não vivo sem música então me respondam:

Qual o poder da música no cotidiano de vocês?

Antes que eu me esqueça: aos haters do blog, recadinho: antes de difamar o Disse o Corvo quero que saibam que a blogosfera tem vários nichos para se abordar e eu não escrevo para esse tipo de pessoa então observem bem o que andam falando porque o pessoal me avisa. Aprendam a lidar com as coisas diferentes da vida, as vezes o mundo moda e magia de vocês é tão entediante para mim quanto o meu alternativo horror/terror é para vocês. Vamos ser adultos e respeitar o trabalho do coleguinha ok? Só isso mesmo.
Agora soltem o verbo aí nos comentários sobre a perguntinha acima ok? Não se acanhem. Um beijo e um queijo. ♥

INSTAGRAM || TWITTER

11 comentários:

  1. Antes de tudo: quem teria a coragem de difamar teu blog?? Vou socar as fuças da criatura já! </3
    Agora, respondendo à sua pergunta: sem a música, não tenho a menor ideia de onde estaria nem em que condições. Música já me salvou de cada cosia que só Jesus pra acreditar quando eu digo. Desde aquela volta pra casa no bus lotado com gente suada até aqueles escritos que nunca foram pra frente, tudo foi feito com música nos fones.
    Dias atrás resolvi deixar o blog em hiatus pra botar as coisas em ordem, também, pq tomar conta dos dois não tava dando. E sobre All I Need:senti aqui a dor que tá sendo pra tu evitar essa lindeza, pq gente, que música *-*
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito de músicas, a música faz bem ao corpo a mente, algumas músicas acalma, outras deixa a pessoa agitada, as músicas que ouço são as músicas gospel, músicas que falam do amor de Deus fala muito comigo, elas tem um poder sobre mim, as vezes estou chateada, com problemas, e escuto uma música e ela me acalma. Vejo que você gosta muito
    de músicas também, muito interessante essa blogagem coletiva, músicas só fazem o bem, Priscila bjs.

    ResponderExcluir
  3. O poder da música? Que pergunta difícil kkk a música é algo tão gostoso, e serve pra qualquer momento, então a música tem o poder de te guiar e dar disposição kkk E eu amei a tag, tem música pra todos os momentos né? É incrível isso. Vou colocar todas essas músicas na minha playlist e aumentar o som!

    ResponderExcluir
  4. Pri, super bacana essa blogagem coletiva! Gostei de conhecer as músicas que vc citou.Algumas nunca tinha ouvido porém conheci aqui no seu blog. É bem bacana o quanto a música nos influencia emocionalmente e fisicamente.
    Quanto as difamações, acredito que ninguém joga pedra em árvores que não dá frutos sabe?Se incomodam é pq vc está fazendo diferença.
    O poder da música em meu cotidiano é me acalmar, até mesmo me relaxar.Ah e me animar até na faxina de casa qdo estou desanimada rs!

    ResponderExcluir
  5. Não tem um dia que eu não ouça música, ela que faz parte por me deixar no clima para várias coisas, meu gosto musical varia muito do meu estados sentimental, mas sempre estou ouvindo algum artista alternativo. Amei seu post, inclusive vou até responder essa tag no meu blog também. Conheci algumas músicas com seu post, adorei.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Eu acredito que a música conecta-se conosco tão profundamente porque toca em um nível fundamental para as harmônicas do universo. A teoria da superestrutura da física moderna é baseada em harmônicos. A música, então, nos liga literalmente à experiência universal divina que está além da capacidade das palavras expressarem.
    Obrigado por compartilhar este tipo de informação esta é realmente muito única informação. Gosto do seu post, é muito informativo e obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir
  7. Houve tempos em que levava a música sempre atrás e não vivia sem essa companhia, mas de há uns tempos para cá, passei a ter o pc sempre no silêncio enquanto trabalho nele, para não me distrair e habituei-me a esse silêncio. Quando estou só em casa, a minha casa fica estranhamente silenciosa. No entanto, quando ouço música (gosto de um estilo mais alegre ou então suave), todo o meu corpo vibra.
    Ah, ainda hoje tento lembrar-me de uma música que marcou muito o meu namoro com o maridão...Infelizmente não me lembro do nome da música e nem do cantor. É francesa. A música cantada em francês sempre mexeu muito comigo, devo ter vivido numa outra encarnação lá em França! :D

    ResponderExcluir
  8. E aee Pri!!! Tudo blz? Não liga pra esse povo que só sabem falar mal, apena ignore pois não vale a pena, meu blog é sobre beleza e vc sabe pois amo ler seus comentários sinceros e divertidos haha. Quanto as músicas conheço algumas, e quanto percebi já estava aqui escutando, pois dei play enquanto lia seu post, confesso que era mais movida a música, hije não mais. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Olá Pri, tudo bem?

    Como sempre, vejo você tocando meu coração com as suas músicas que desvendam a alma e entram fazendo um estrago do tamanho do mundo. Confesso que não conhecia uma grande partes das músicas que você escolheu para definir momentos, por assim dizer, da sua vida. Eu sou completamente apaixonada por Evanescence e Sick com certeza é uma música que não canso de ouvir e que estou sempre apertando o replay, pois essa perfeição me entende como ninguém. Na parte de uma música que lembra alguém não segurei as pitangas e fui logo lembrando do que era para esquecer (ou não haha). Ah, não posso deixar de citar a maravilhosa Pitty, uma das roqueiras brasileiras que mais amo e que consegue cantar muitas coisas da minha vida. Por fim, seu post está lindo e reflexivo como todos os outros e perfura a alma com ótimas canções!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Ei, eu também sou movida por música! Sinto que minha vida é um enorme filme com muita trilha sonora das boas, principalmente músicas lentas e que ditam um pouco do meu dia haha. Adorei saber que não sou a única. Não creio que logo de cara você elenca She Wolf, eu piro demais, não dá pra ficar parada mesmo! Começa e já estamos na pista, eu me encantei com ela depois que uma amiga me mostrou. Amy Lee arrasando por aqui também, já fico toda sorridente que tô pegando a sua trilha pra mim. Já adotei rs. SENSE8 salvou povo nostálgico mesmo, acho que What's Up pisa MUITO né? Inclusive foi minha trilha pra esse post, que delícia. E encerrou com chave de ouro hein? Pitty é minha cantora favorita e me deixa muito nostálgica sobre uns poucos anos atrás onde cantávamos no intervalo da escola. Fico em estado livre, leve e solta cantando Pitty. Melhor TAG impossível essa sua! Fui pirando aos poucos haha, muito bom Pri!

    ResponderExcluir

1. Espalhem amor, e não ofendam.
2. Digam ao Zane Holtz que eu tenho interesse.
3. Ler a postagem toda antes de comentar não mata ninguém e valoriza o trabalho de quem criou.
4. Deixem seus bróguinhos para eu visitar.
5. Aos spamzentos: vão fazer spam num tabuleiro Ouija, obrigada.
6. Assistam Black Sails. ♥