Top Sete: 7 Filmes de Terror que me Tiraram o Sono

28 de outubro de 2016

top sete do blogs up sobre 7 filmes de terror que me tiraram o sono no quesito perturbadores
Reprodução: algum lugar do mundão chamado Google

Olár minos e minas, eu estava aqui maquinando o domínio do mundo e procurando algo diferente para mandar para vocês nesse mês lindo de gostoso quando percebi que tem quinze rascunhos de possíveis posts que sequer comecei a editar. Vê se pode uma coisa dessas, Outubro já está quase acabando e eu fiz um total de zero nadas para esse mês especial que amo tanto quando Dezembro. Mas é o que eu disse no Twitter — me sigam lá, é @corvodopoe — como esse é o meu meio de trabalho e hobby então Halloween, Dia das Bruxas, para mim é todo dia. Não se preocupem que os posts rascunhados para esse mês serão liberados ao decorrer do ano já que tudo o que consegui fazer foi resolver problemas dos outros e esquecer de mim mesma. Tsc.
Mas enfim, antes que finalize, venho aqui com mais uma postagem do Top Sete do grupo mais fofíneo e interativo do facebook, o BLOGS UP, onde a ideia é fazer uma listinha marota com 7 fodendo filmes de terror que me tiraram o sono. A princípio fiquei mega empolgada em fazer esse tema mas foi quando, numa bela madrugada, resolvi começar a editar esse post e percebi que seria o mais difícil que enfrentaria na minha frente. Calma, não estou me exibindo nem coisa do tipo mas é que quando você convive com o horror/terror meio que se acostuma com todos os subgêneros nele contidos, desde os que envolvem crianças maléficas até os baseados em fatos reais, foi daí que entrei no maior dilema da minha vida: citar os filmes que tiraram o sono quando criança ou os que mais me deixaram tensa ao decorrer da vida, tipo aqueles com pegada de perturbadores, sabem? Lá na outra rede social do pássaro azul havia comentado que ia pegar uns gorezinhos japoneses para indicar mas parando bem para analisar, não me tiraram o sono e tampouco deixaram perturbada, apenas alguns embrulharam o estômago e nada mais. O jeito foi mexer lá no meu Filmow e caçar uns filminhos que abalaram meu estado zen para indicar aqui e olha, foi difícil mas foi divertido recordar os responsáveis pelas minhas paranoias nonsenses tipo medo de entrar em rios ou insetos. Cara, como eu odeio insetos. Vamos lá dar uma espiadinha.

1. ARACHNOPHOBIA (ARACNOFOBIA)


Sinopse: Ross Jennings (Jeff Daniels) é um médico que, juntamente com sua família, vai morar em uma cidade do interior da Califórnia. Quando todos os seus pacientes começam a morrer misteriosamente, passa-se a suspeitar gradativamente que as mortes tenham sido provocadas por aranhas que existem em sua casa

Vamos começar falando da minha paúra com aranhas e sobre Aracnofobia estar no topo da lista. Malditas aranhas. Odeio aranha. Morro de medo de aranha. Ver aranha é de fazer o cu cair da bunda esse ser humano aqui chorar e gritar pela mãe na lata. O engraçado é que eu sei que vou ter medo e que possivelmente irei perder o sono mas quem disse que consigo parar de assistir? Inclusive o filme Tarantula já está na minha lista para assistir no dia 31 de Outubro então vê se pode uma coisas dessas sendo que a pessoa que vos fala tem medo? É como acontece com a Amanda, do blog Blonde Chaos, que tem medo de tudo o que envolva inteligência artificial. Robôs, máquinas, humanoides, Projeto Zeta, Ex Machina, qualquer assunto referente a isso deixa ela tão de cabelos em pé que digo que o que ela sente por robôs, eu sinto pelas aranhas. Mas quem disse que tomamos vergonha na cara? Anyway, eu tinha que  começar esse post com Aracnofobia ou não ficaria em paz comigo mesma. Prosseguindo...

2. NOROI — THE CURSE


Sinopse: Um jornalista desaparece após pesquisar metodicamente uma série de eventos sobrenaturais. O que se assiste então é exatamente a fita que contém o seu documentário inteiro (que inclusive foi banido da tv por causa da intensidade dos fatos).

Não sou de me abalar facilmente, em especial quando o assunto é horror, mas cara... Esse filme. Não vejam esse filme. Mentira, vejam ele porque é amor puro só pelo fato de ser em Found Footage. E asiático ainda. Vocês podem achar enfadonho de início mas a investigação dele é o que nos faz ficar desconfortável em acompanhar. É como se o documentário tivesse caído em nossas mãos e que temos como obrigação assistí-lo para dar continuidade ao trabalho do reporter. Não é daquela categoria de horror japonês que nos deixa com o cu na mão o coração na boca e sim daqueles que brinca com o psicológico para ver até onde iremos com tais detalhes em mãos. Vale muito a pena.

3. O MISTÉRIO DE GRACE (GRACE)


Sinopse: Uma mulher sofre um acidente em seu penúltimo mês de gravidez e perde o filho. Ela decide carregar o bebê até o fim de gestação e dar a luz a ele. Porém, no dia do nascimento, a criança, miraculosamente, ressuscita. Logo ela descobre que a garotinha tem predileção por sangue humano. A mãe tem que decidir, então, se está disposta a se sacrificar por sua filha.

Eu pergunto a vocês: até que nível chega o amor de uma mãe para deixar que seus filhos vivam, não importando o quão estranho seja? Pois bem, nesse filme o desconforto que há é simplesmente o fato da mãe de Grace ser vegana e acabar tendo que lidar com carnes e sangue para alimentar a bebê que simplesmente recusa o leite ingerido. Pensem só no que para uma pessoa que tem por dieta excluir a carne porém vê-se obrigada a ir no mercado para comprar peças enormes simplesmente para tirar o sangue dela para alimentar o ser que saiu de seu ventre? Pois bem, Grace estava falecida e veio a vida na hora do parto porém, ao longo do filme, ao mesmo que ela vai crescendo, percebe-se que sempre tem moscas rondando o berço da neném como se ela continua morte mesmo viva. Não sei explicar em palavras mas me deixou tão perturbada que sentia repulsa só em ver a mamadeira da Grace no filme.

4. BLACK WATERS (MEDO PROFUNDO)


Sinopse: Grace leva o namorado Adam e a irmã mais nova Lee para curtir as férias no norte da Austrália. Quando os três embarcam em um aparentemente pacato passeio de barco pelo rio, no entanto, um ataque inesperado faz com que Jim, seu guia desesperado, suma misteriosamente nas águas obscuras. Sem escolha para tentar sobreviver ali, perdidos e sozinhos, os três terão que explorar o pântano e encontrar um lugar seguro. Mas eles estão sendo observados por uma fera faminta e sinistra, que aguarda o momento certo de atacar. Em um thriller de tensão cada vez mais crescente, talvez eles tenham que deixar o medo de lado e contra-atacar se ainda quiserem ter esperanças de voltar para casa...

O que é mais terrível que você cair numa zona da vida onde você não domina nada mas teu instinto de sobreviver fala mais alto e temos que fazer de tudo para sair dali senão a cabeça começa a dar pino e ficar louca das idéias. Pois bem. Desde pequena sempre assisti filmes com animais assassinos devido a forte influência do meu pai. Varia de tubarões, anacondas, aranhas, felinos e até insetos mas nada me dava mais medo que os péssimos filmes de crocodilos. Não importam se são ruins, amo filme ruim mas tem um em particular que me fez cair o cu da bunda pegar tanto pavor que vivo recusando trilhas na mata que envolvam passeios em rios. O dito cujo é BLACK WATERS

5. LANDMINE GOES CLICK


Sinopse: Três turistas americanos estão cruzando uma paisagem desolada da Geórgia Europeia. Um deles pisa em uma mina terrestre armada. Preso em pé sobre a mina prestes a ser acionada, um turista americano é forçado a assistir, impotente, sua namorada ser aterrorizada e brutalmente agredida por um psicopata.

Você está lá de boa na vida, fazendo uma caminhada nas matas de um país desconhecido enquanto conversa descontraídamente com os amigos ou, no meu caso, reclamando por estar no meio daquele matagal todo cheio de insetos e sem sinal no celular quando pensa que não, PLAU, algum amigo pisa numa mina terrestre. Pois é, é cagada demais para uma vida só. E o pior é que ninguém estava preparado para aquela situação então é normal os ânimos ficarem a flor da pele. Há quem diga que esse filme é ruim mas eu falo para vocês, me tirou tanto o sono que agora eu penso duas vezes antes de me arriscar em lugares que sequer sei o que aconteceu no passado. O que perturba aqui é o nível da maldade humana. O ser humano é tão cruel e perverso que mesmo numa situação de vida ou morte, ele encontra meios de como ficar mais asqueroso do que já é. Vão por mim, tem terror psicológico de sobra para mexer com o estado zen de vocês.

6. BUG (POSSUÍDOS)


Sinopse: Agnes White (Ashley Judd) é uma garçonete solitária, que escapou de seu ex-marido Jerry Gross (Harry Connick Jr.), recém-saído da prisão. Ela vive em um hotel de beira de estrada e é apresentada por R.C. (Lynn Collins), sua colega de trabalho, a Peter Evans (Michael Shannon), um veterano da Guerra do Golfo. Peter é obcecado por insetos e logo se relaciona com Agnes. Porém ela passa a viver um pesadelo claustrofóbico quando diversos insetos começam a invadir sua vida.

Quem me acompanha no twitter sabe que sempre reclamo que odeio insetos. Sério, odeio mesmo. Para mim não tem coisa pior que uma barata ainda mais quando elas resolvem evoluir e voam então claro que um filme que me tirou o sono foi BUGS. Aqui acontece nada mais que um mindfuck daqueles porque a princípio vamos achar que os personagens foram infectados pelos insetos que por ventura modificaram suas conturbadas mentes, trazendo a tona aquela fome contida no ser humano em querer matar. Não chega a ser um gore mas só pelo desconforto de ser os insetos penetrarem na pele e começar a dominar o corpo das pessoas infectadas é algo tão perturbador que não sei explicar. Alerta: o filme não é o que aparenta ser, fiquem preparados para isso.

7. TESIS (MORTE AO VIVO)


Sinopse: Uma estudante de comunicação decide fazer uma tese sobre filmes "snuff", nos quais são exibidas imagens de pessoas sendo mortas na vida real. Em uma fita descobre a morte violenta de uma estudante da faculdade e busca investigar os assassinos.

Quando eu achava que nada mais poderia me chocar, um belo dia navegando pelo meu site favorito de torrents de terror, caí em Tesis. Resumo ele em: filme Snuff. É sobre tal mas sem mostrar a violência, o que fode ferra com a cabeça é que nossa mente fica preparada para ver o que é de ruim mas acaba que não acontecendo e no fim você fala: que filme é esse? Quero mais. Mas não daqueles lixos sujos que nem aquela porcaria de filme A Serbian Film, esse daí trata do Snuff com tamanha delicadesa e respeito que vocês se esquecem que se trata de snuff, onde cujo tema é morte/tortura/abuso real, de verdade. Me deixou tão perturbada que tive que ficar um bom tempo assistindo filmes da Disney até conseguir me recuperar para retornar aos filminhos nonsenses que tanto assisto.

EXTRA: THE GIRL NEXT DOOR (A GAROTA DA CASA AO LADO)


Sinopse: Estados Unidos, anos 50. Meg e Susan são duas irmãs que perdem os pais em um acidente e, por ordem judicial, passam a morar na casa de uma tia liberal chamada Ruth. Mas Ruth também é uma mulher perturbada, que defende radicalmente seus três filhos homens, e passa a infernizar a vida das garotas - em especial Meg, que passa a ser alvo de torturas físicas e psicológicas. A única esperança das garotas é David, um garoto vizinho da família e testemunha das atrocidades que passam a ser praticadas contra Meg e Susan no porão da casa de Ruth. Baseado em uma trágica história real.

Sim, apelei para os filmes do subgênero Baseado em Fatos Reais e olha, me arrependo amargamente de ter o feito porque é aquele tipo de longa onde dificilmente se esquece as cenas vistas. Sabe o famoso "onde clica para desver?", é ele todinho. Eu fiquei toda hora falando para mim mesma fechar a aba do filme e correr para ver algum de pandemia ou found footage ruim mas simplesmente não conseguia, me prendeu de tal forma que, confesso para vocês, não consigo nem confiar mais na minha visinha da frente e olha que ela cuidava de mim quando eu era criança, hahaha. O nível de desconforto dele é tanto que bate aquele medo de desligar a lâmpada do quarto e quando acender novamente, se encontrar no porão sendo torturada pela psicótica da Ruth, a algoz das irmãs. Depois dele, vocês irão caçar a história de Sylvia Likens que nem loucos, eu o fiz e fiquei horrorisada em saber que por mais horripilantes possam ter sido as torturas, tenha sido de fato real. Mais uma vez a maldade humana não tem escrúpulos e falo para vocês, dormir não foi uma tarefa fácila após esse filme. Perturbador e impactante, não vejam. Mentira, vejam. Mas não vejam. Vocês quem sabem.

Bom, é isso migos e migas. Juro que achei que seria um post bem fácil de se editar mas acabei que por quebrar a cabeça para concluí-lo já que estou bastante acostumada com essa de horror/terror/suspense. Até estava reclamando no twitter que me deu trabalho em manter o foco nele mas é aquele ditado né: "deixa de preguiça e vá fazer o post senão procrastino o dia todo", hahaha. Anyway, espero que tenham gostado porque sofri com ele. Me respondam: já assistiram alguma desses daí? E para vocês: quais são os 7 filmes de terror que tiraram o sono de todos aí? E por que? Solta o verbo aí nos comentários. Não se esqueçam de participar do grupo de interação mais fofíneo do Facebook. Um beijo e um queijo. ❤

7 comentários:

  1. De todos o que você listou, o único que eu não assisto de maneira nenhuma é aracnofobia, nunca! Tenho pavor desse bicho. O restante parecem muito legais, especialmente O mistério de Grace e a garota da casa ao lado. Já vou procurar online e comprar a pipoca, rsrs.

    ResponderExcluir
  2. Minha nossa, Aracnofobia tinha mesmo que ser o primeiro? hehe pensa numa pessoa que já entrou em desespero hehe De resto já vi praticamente todos, ótima lista! beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu morro de medo e não assistiria nenhum destes! UHAHAUIAHIAHAI
    Mas pra quem curte o gênero, são boas dicas.

    ResponderExcluir
  4. Que delícia adoro filme de terror!

    ResponderExcluir
  5. Olá de todos citados o que mais me deixou com fobia mesmo foi as aranhas, meu Deus depois qualquer sombra ou o vento na minha pele já me assustava. kkkkkk
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá de todos citados o que mais me deixou com fobia mesmo foi as aranhas, meu Deus depois qualquer sombra ou o vento na minha pele já me assustava. kkkkkk
    Bjs
    Ps: O Marque daí de cima sou eu, é que estava em outra conta e não percebi rs

    ResponderExcluir
  7. DEU ATE MEDO SÓ EM VE AS IMAGENS KKK

    ResponderExcluir

1. Espalhe amor, e não ofenda.
2. Diga ao Stitch, do Mushroomhead, que a boca dele está muito longe da minha.
3. Leia o post todo antes de comentar, não desvalorize o trabalho de quem criou.
4. Deixe seu bróguinho para eu visitar.
5. Assistam Black Sails, irão se apaixonar. ♥