Resumindo 2015: Não Foi Tão Legal Assim

30 de dezembro de 2015

Último post do ano, eita giovanaaaaaa.

Para muitos pode ter sido um ano muito bom, até inesquecível. Para outros, tanto fez como faz. Mas para mim foi um dos piores. Tudo o que tinha de dar certo, deu errado. E o que era para dar dar errado, deu certo. Mais baixos do que altos. E o pior de tudo: SERIADOS ATRASADOS. E detesto seriados atrasados porque senão não consigo assistir outras coisas, tenho toc nessa parte. Não, não é um post para lamentos e lamúrias, essa postagem serve para mostrar o por que de eu, Priscila Sawa, querer desesperadamente que chegue quinta feira agora, dia 31, para poder iniciar 2016 com o pé direito. E eu vou lhes explicar o porque de 2015 ser um dos piores anos que eu já vivi. Sigam-me os bons!

1. TRABALHOS + CURSOS INCOMPLETOS
Inicio falando da grande instabilidade em me manter firme nos empregos da vida. É incrível como esse ano não consegui parar em um lugar certo! Gente, isso me choca porque eu não sou assim, sou responsável com meus compromissos mas eu fiquei muito instável. Começou desde fevereiro saindo da telefonia da Claro, depois foi da confeitaria do buffet infantil para o qual prestava preparo de salgados e doces e o mais recente foi da cafeteria da padaria daqui do bairro. O último eu estava crescendo na empresa, passei de assistente para trainee de café e atendimento mas o único problema foi o atraso de pagamento. E não eram poucos dias, eram semanas! E quando eu ia cobrar eles simplesmente se escondiam de mim e dos outros funcionários, pediam para ter paciência mas minhas contas não têm paciência, elas chegam e me dão um prazo para pagá-las ou minha mordomia em casa acaba, simples. O que acontecia era que meu bolso estava vazio e as cobranças só vinham, e trabalhar com salário atrasado não é NADA legal. É desumano. O jeito foi aguardar o momento certo e sair. Ou seja, estou de volta a estaca zero mais um vez.
E quanto aos cursos, nem me fale! Deixei o de informática por motivos de falta de tempo, já fiz um mas com tantas mudanças nos sistemas optei por pegar um pacote para escritório para aumentar minhas qualidades no currículo mas como estava presa na cafeteria, sem folgas e sem hora para sair, acabei cancelando a mensalidade e meu objetivo parou ali. Tinha o de alemão, fiz uma semana, parei. Arrisquei o piano, paguei uma parcela, exigiam prática em casa mas não tenho piano e muito menos espaço para colocar um teclado em casa então parei também. Comissariado de vôo, descobri que tenho acrofobia para trabalhar nessa área, mas o engraçado é que para viagem fico super suave no avião.

2. FACULDADE
Acreditem ou não, fiz a proeza de pegar DP em Matemática Financeira do curso de Marketing. Me digam: como é que eu consigo uma coisa dessas? Resultado, fevereiro do ano que vem tenho que fazer a matéria toda por inteiro, desde as video conferências, aulas, palestras até as APOLs, que são atividades online. Mas logo em Matemática? Poderia ser em Propaganda, ou Recursos Humanos, poxa. Logo essa? Sério?

3. VIDA AMOROSA
Um caos, para variar. Conheci um cara muito fofo no chat da faculdade, ele era de Curitiba, trocamos muitas mensagens e noites em claro até amanhecer mas tudo não passou de um flerte a distância. E tudo porque ele ficava 24 horas no meu pé. Se eu demorasse uma hora para responder já me atingia com chuvas de indiretas, e sem falar que ficava tentando fazer ciúmes com amigos e amigas que moraram por perto para tentar me fazer acordar mas a real é: não sou ciumenta. E ele via isso como falta de demonstração de minha parte. Mas eu tenho culpa?
A outra parada foi voltar a falar com um amigo super gente fina que conheço, gamer, nerd da vida, barbudinho, não deixa o assunto morrer nos chats, mas o problema é que eu, como uma verdadeira vaca, falei "não" para ele. Pergunto para vocês: "por que raios eu fiz isso?". Bom, não sei. O que acontece é que não gosto dele como algo a mais, não por enquanto. Quem sabe mais frente? Quem sabe seja tarde demais? Veremos ano que vem.

4. AMIZADES
Se eu te contar que foi o que mais aconteceu comigo esse ano? Aquela mesma fase de sempre: conhecer amizades novas, virar grupinho, virar panelinha, ter brigas, começar o mimimi e depois todo mundo para de ser falar. Tanto no trabalho quanto no meio de amigos antigos, foi o que mais aconteceu. Me decepcionei muito com os que perdi bem como amei muito conhecer os que estão até hoje comigo.

5. A VIDA NÃO ESTÁ FÁCIL PARA OS LOPES SAWA
É parceria, esse ano minha família passou bons bocados, envolveram até polícia e ameaças de morte! Como muitos sabem, ainda moro com meus pais, e essa história de fazer 18 anos e sair de casa é tudo mentira, não se iludem, porque é onde a vida complica. Meu pai queria se mudar para Atibaia e falou que fecharíamos o ano na casa nova e quem não se anima com isso, fala sério? Porém minha irmã mais nova engravidou, passou por risco de vida na gestação e tivemos que ampliar a casa para ela e seu marido morassem juntos (na época eles eram apenas noivos, agora juntaram alianças) então todos os fundos pra vida tranquila e longe de parentes foram embora. Painho lindo disse que ia reformar a residência mas deixou meu quarto por ultimo, não é reclamando, é que aqui ainda tem coisas de quando eu era adolescente e isso tá incomodando demais. Não começar meus vídeos com meu quarto estilo Looney Tooney do mundo gótico, por favor, sou uma nova pessoa agora.
Mudança parada. Meu pai ainda não abriu a nossa loja. Eita 2015, tu tá que tá.

6. SAUDÁVEL SÓ DE CARA
Em 2014 prometi virar uma pessoa fitness, tomar só detox, comer as coisas que a mãe terra dá, vender marijuana, fazer cooper, acordar cedo pra caminhar no parque, largar a internet e sair do quarto mas tudo o que consegui fazer foi aumentar 5 kg, ingerir grandes quantidades de bacon, tomar refrigerante e viver enfiada no Outback daqui do shopping. E claro, ficar tão sedentária a ponto de subir a rua e já ir sentar nos banquinhos da Subway. Parabéns, Priscila!

7. CALOR EM SÃO PAULO
Não sei como foi na cidade de vocês mas quem mora em Sampa está acostumado ao clima gelado e chuvoso da amada Terra da Garoa. Mas quase não teve garoa esse ano. Teve calor a ponto de meu nariz ficar sangrando só por dar uma volta no Centro, detestei isso.

8. INTERCÂMBIO CANCELADO
Sim, não foi dessa vez que fui para Ohio. Ah, Ohio, meu amor. T_____________T
Não consegui sequer terminar os problemas daqui quem dirá ir pra fora. E para piorar veio a crise aqui no país que acabou por deixar minha estadia na terra das Casas de Sustos duas vezes mais cara que em 2014. Sim, eu fiz as contas nos papéis e a conclusão foi que tá foda é melhor deixar para ano que vem e quem sabe dessa vez eu vá com alguém.

9. PERDI O SHOW DO MUSHROOMHEAD
Não há nada mais triste e terrível que possa ter acontecido comigo do que perder essa oportunidade. Tenho um amigo muito lindo de fofo que mora em Cleveland a dois anos, o Caio, e ele comprou o ingresso para eu ir no show do Mush que seria no Agora Ballroom em agosto, e o empecilho foi que a ex patroa não quis me dar folga. Praticamente implorei para ela, até cobri a folga do pessoal por duas semanas seguidas mas não deu jeito, perdi o que seria o melhor dia da minha vida. Minha oportunidade de agarrar conhecer a banda do meu coração. Estou de luto por isso. E então, recentemente, Waylon Reavis anuncia que deixou o Mush. Logo o Waylon? O cara tem muita presença de palco, uma das vozes mais gostosas que se tem para ouvir é a dele e isso porque ele faz trocentos tons de canto! Fala se não é pra ficar triste? Mas a coisa boa é o Jason Popson de volta. Ufa!

10. NÃO SUBI A SERRA + VIAGENS CANCELADAS
Se tem uma coisa que me irrita profundamente é cancelar viagens, nosso Brasil é muito lindo e apesar de eu reclamar dele todo santo dia, já visitei muitos lugares bons como uma deliciosa fábrica de chocolate que tem em Minas Gerais, as feiras na Bahia, a capital do reggae Maranhão, a praia do Rio Grande do Sul e mais uns lugarzinhos aí que não guardei os nomes na cabeça. Até pra Noronha fui mas era bate e volta, não conta. E o que não fiz esse ano foram viagens, e fora não sair de Sampa o que me deprimiu foi não subir a serra. Não sou chegada em praia mas gosto do rolê com o povo daqui, juntamos vários carros e ficamos uma semana fora. E em 2015 não teve n a d a.

11. TROCAR DE CÂMERA
Tenho uma Nikon L810, é meu xodózinho, não sai da bolsa mas queria uma mais leve na mão e sei que as novas Nikons estão um mimo mas ainda continuam na vitrine do shopping. Pois é, não foi dessa vez.

12. A TRIBULAÇÃO NO PLANETA TERRA
O que é pior que sua vida estar numa fase difícil? Ver o que o planeta também está numa fase dessa. Gente, todo esse caos afora me entristeceram e muito, ataques terroristas, guerras na Ucrânia, criminalidade nas ruas, atentados em outros países porque não foi só a França e sim muitos lugares na África também, violência contra animais absurdamente explícitas, a criança refugiada que foi encontrada falecida na praia, o fenômeno El Niño, o incidente em Mariana que nos preocupa até hoje, a falta de informação da nação brasileira pedindo impeachment do líder que eles mesmos elegeram nas eleições, a "seca" em São Paulo, pragas em plantações e pestes atacando a saúde mundial... E vai indo, o nosso planeta sofreu muito em 2015.

13. AGOSTO NÃO ACABAVA + GRACINHAS DA NET
Foi só eu que senti que o mês de agosto desse ano demorou 365 dias para acabar? Sem falar nos incontáveis vídeos que rolou no face sobre turn down for what, já acabou jéssica, miga sua loca, bad do dia, Felipe Smith e falsetes. E sim, por isso que eu amo a internet.

•••••••••••••

Nem tudo foram lágrimas de fel, tive alguns momentos bons também como:

• NASCEU O MEU BEIJINHO DE COCO, A BIBI
Seu nome é Ana Gabrielle, leonina, 5 meses de idade. Minha sobrinha nasceu em Julho e eu descobri que posso ser uma titia bobona coruja desde a hora que ela me viu. Tão gostosa, tão cheirosa. a princípio ela não me deixava dormir pois minha irmã ficou uns tempos aqui em casa pra minha mãe ensinar ela como cuidar da Bibi e chorava nas horas mais impróprias mas ela foi crescendo e acompanhar tudo de pertinho me faz esquecer os problemas no mundo afora. 

• REATAR ANTIGOS LAÇOS DE AMIZADES
Uma ótima parte foi voltar a falar com os que eu tinha havido perdido contato, é tão bom poder conhecer a pessoa novamente, acompanhar suas conquistas e até noivados. São coisas tão pequenas que fizeram a uma diferença enorme para mim, é sempre bom mandar no whats: "Vamos?" e ter como resposta "Vamos, onde te encontro?". Não sei para vocês, mas amo isso.

• CINEMA DE 2015
Usei e abusei da Cinemark esse ano, os funcionários já me chamam de Pri, hahaha. Teve muita coisa boa incluindo Jurassic World e 007 - Contra Spectre. E o que vou memorizar pro resto da minha vida? Assistir Star Wars VII - The Force Awakens no dia do meu aniversário que foi dia 20 que se passou.
• CABELO CURTO
Quem me conhece sabe que meu cabelo passava da cintura, amo cabelo longo, é o maior mimo que tenho mas como fez muito calor eu passei por maus bocados com ele. Mantê-lo limpo e brilhoso foi a parte mais difícil então, num certo dia, passei a tesoura nele, ficou na altura dos ombros. E eu AMEI. Era uma nova Priscila. Prático para enrolar e alisar, para lavar, para andar com ele solto e amarrá-lo e até para tirar a idade de aposentadoria de mim porque estava me sentindo idosa... Mas agora quero ele de volta T_T

• RENOVAR O GUARDA ROUPA
Quem me conhece pessoalmente sabe que era muito hello darkness my old friend ♪ , então retirei muita roupa preta do guarda roupa e dei lugar a todas as cores. Amo o cinza então coloquei algumas peças ali, dei lugar a vestidos e shorts que é uma coisa que raramente usava porque tenho pernas muitos brancas e apostei nos looks com leggings. E passei a me amar ainda mais por isso.

▲▲▲

Então, nem tudo foram mil maravilhas mas fazer o que? Me contem o que 2015 trouxe para vocês e espero que sejam coisas boas, hahaha. Ah! E ainda tenho uma tag para responder da fofa da Hellen Bezerra sobre 10 coisas boas que aconteceram nesse ano mas essa fica para outro dia, beleza?
Feliz Ano Novo adiantado, corvos da Pri. ♥

5 comentários:

  1. Oi Pri, tudo bem?
    Pensa pelo lado positivo, ai em SP tem shopping, aqui onde estou morando nem um MC não tem :/ kkkk, esse ano foi complicado também, fiquei 3 meses em SP, mas não deu certo ai e acabei voltando. Mas assim como você não vejo a hora de começar 2016 com o pé direito. Há e parabéns pela Ana, deve ser muito linda ♥
    Tenho que me espelhar em você para tirar as roupas pretas do meu guarda roupa, se tiver é uma blusa ou outra cinza, preciso mudar isso kk
    Que 2016 seja maravilhoso, que você viaje muito, consiga um emprego bom, curta bastante a família e os amigos *----------*
    Estou amando aqui, sério.
    Beijos
    Lost Words

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor, tudo otemo, e por aí? Bom, verdade, e subindo minha rua tenho as opções de Mc e Subway mas a pizzaria da frente vence sempre, haha. Que pena que voltou senão eu ia marcar rolê no cinema ç.ç mas você vai voltar e ficar aqui em Sampa para odiá-la a amá-la como eu.
      Sabe, o que mais detestei esse ano foi perder a turnê do Mushroomhead. MUSHROOMHEAD É O AMOR DA MINHA VIDA, não vivo sem eles, amo aqueles putos a ponto de trair o Mudvayne mas perdi a chance de apertar a bunda do Stitch (ops). Mentira, eu só queria agarrar o Jason poxa! Mas deixa pro ano que vem. Aaaah sim, foi um alívio mudar o guarda roupa, amo o preto mas variar um pouco ajudou bastante haha.
      Obrigada, flor. E que 2016 venha carregado de coisas boas para nós *wwwww*
      E eu que estou amando o seu blog, por isso segui sem pensar duas vezes ♥

      Excluir
  2. Acho que salvando uma ou duas coisas, 2015 foi um ano bem meia boca pra todo mundo. Tudo isso com um toque de calor infernal só pra temperar. Ah 2016, é bom você arrasar! hahaha

    Beijos
    carolinemedisse.blogspot.com

    (Adorei o blog. Vou já seguir.)

    ResponderExcluir
  3. haha , uma das coisas que salvou meu 2015 foi cortar o cabelo , bom saber que não fui a unica que tranquei a faculdade e fiquei presa a contas e nao viajei , aff! Viajar é tão bom <3 ! Mas 2016 irá ser melhor !

    Adorei de paixão seu blog ! beijos <3

    www.ilovefrescurices.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fala, foi muito libertador passar a tesoura no imenso cabelo! Embora eu o queria de volta ç.ç mas nossa, tirou um peso dos ombros.
      Vou retomar agora em fevereiro a facul, mas para, ficar presa sem viajar é inadmissível, necessito viajar senão ficarei louca! Hahaha
      2016 ainda irá nos surpreender, Moni.
      E eu amei o seu ♥

      Excluir

1. Espalhe amor, e não ofenda.
2. Diga ao Stitch, do Mushroomhead, que a boca dele está muito longe da minha.
3. Leia o post todo antes de comentar, não desvalorize o trabalho de quem criou.
4. Deixe seu bróguinho para eu visitar.
5. Assistam Black Sails, irão se apaixonar. ♥